SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

domingo, 15 de maio de 2016

GANÂNCIA




 


5.   Ganância

Assim como a honestidade é fundamental para o cristão conseguir uma prosperidade sólida, abençoada por Deus, a ganância e a inveja são a maior causa do prejuízo financeiro.

Aquele que tem olhos invejosos corre atrás das riquezas, mas não sabe que há de vir sobre ele a penúria (Provérbios 28:22).


Sementes da ganância no coração

Sempre vemos a ganância nos outros e nunca em nós mesmos, a verdade é que as sementes da ganância estão presentes no coração de todos nós.

Em alguns, essas sementes vão sutilmente criando raízes e passam a influenciar cada vez mais as decisões, impedindo-nos de alcançar o que mais valorizamos.


Ambição sem medida

A ganância é um anseio profundo por determinada coisa que gera a disposição de consegui-la custe o que custar, o que define a ganância não é o fato de querer algo, e sim a intensidade com que você o quer. Ganância é uma ambição sem medida.

A raiz de todos os males

Porque o amor do dinheiro é raiz de todos os males; e alguns nessa cobiça, se desviaram da fé e a si mesmos se atormentaram com muitas dores (1 Timóteo 6:10).

O Senhor sabe que o amor ao dinheiro gera ganância e ela pode destruir nossa vida espiritual, o dinheiro não é um mal, tanto que a bíblia não condena o dinheiro em si mesmo, mas sim o mau uso que fazemos dele.

Pobres

Desde a promulgação da sua lei, e diante da desobediência dela, Deus vem estabelecendo práticas para que o pobre não seja desamparado, a fim de que a sociedade se aproxime do estado de igualdade.

Feridas enormes são abertas no corpo da criação quando o pobre e o desventurado, todos criaturas de Deus, são cruelmente explorados.
Em provérbios encontramos uma série de advertências contra a exploração do pobre, assim como a orientação de que se deve cuidar dele. O que oprime ao pobre para enriquecer a si ou o que dá ao rico certamente empobrecerá (Provérbios 22:16).

Jesus Cristo apontou para uma nova sociedade, cujo poder governamental seja exercido por meio do serviço a todos.

Trata-se de uma sociedade em que todos sejam cidadãos, pois só numa sociedade em que o governo assume a sua vocação de servo de todos é que a cidadania floresce.


Informa-se o justo da causa dos pobres, mas o perverso de nada disso quer saber (Provérbios 29:7).


Fonte: http://blogdavidaeterna.blogspot.com.br/search/label/FINAN%C3%87AS

Nenhum comentário:

Postar um comentário