SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

domingo, 25 de agosto de 2013

TEMA: TOMÉ O DESVIADO







Texto base: (João 20:19-25)                                               Data: 22/08/13        


I.              Introdução:

Um crente sem igreja é como uma criança sem família, um soldado sem exército, um jogador sem equipe, uma brasa sem braseiro, um estudante sem escola, um marinheiro sem navio, uma ovelha sem rebanho. Nós não temos de pertencer a uma igreja para sermos salvos, mas se formos salvos passamos a pertencer à Igreja.

II. O QUE O DESVIADO PERDE

1.    Perdeu a comunhão do Senhor Jesus, que prometeu: “Habitarei no meio deles, e com eles caminharei. Serei o seu Deus, e eles serão o meu povo” (2 Cor. 6:16).

2.    Perdeu a bênção do Mestre: "Paz seja convosco" (Jo 20:21).

3.    Perdeu a alegria que aconteceu -- "os discípulos se alegraram, vendo o Senhor" (Jo 20:20).

4.    Perdeu uma comissão para servir: "Assim como o Pai me enviou, também Eu vos envio a vós" (Jo 20:21).

5.    Perdeu o enchimento de poder: "E, havendo dito isso, assoprou sobre eles e disse-lhes: Recebei o Espírito Santo” (Jo 20:22).

6.    Perdeu a certeza de que Cristo ressuscitara dos mortos! Ele perdeu a fé. Ficou conhecido como “Tomé o incrédulo” (Jo 20:27).


É maravilhoso ver como aquele ajuntamento transformou crentes mortiços em testemunhas vivas e ousadas.

III. O QUE ACONTECE COM UM DESVIADO

Em Lucas 24.13 vemos dois discípulos que iam a caminho de Emaús, 11km distante de Jerusalém. Estes deixaram a comunhão dos irmãos.

1. Os seus olhos estavam como que fechados (v.16).
“O deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo” (2 Co 4:4)

2. Estavam tristes (v.17).

3. E quando o Senhor se revelou a eles, imediatamente voltaram a Jerusalém (à comunhão dos seus irmãos) (v. 33).

IV. TIPOS E EXEMPLOS DE DESVIADOS

1.    Desviado da Fé – Tomé (Jô 20:25)
2.    Desviado da verdade – Himeneu e Fileto (2 Tm 2:17,18)
3.    Desviado da palavra – Escribas e Fariseus (Mt. 23:33)
4.    Desviado da Igreja – Cleopas (Lc 24:18)
5.    Desviado do Ministério – Judas Iscariotes (At 1:25)

V. APOSTASIA É PECADO!

O Espírito diz claramente que nos últimos tempos alguns abandonarão a fé e seguirão espíritos enganadores e doutrinas de demônios. (1 Tm 4:1-3)

Aqueles que um dia se desviaram, ou se encontram nesta situação espiritual, devem se arrepender e confessar a Cristo reconhecendo o seu erro. Devem se arrepender de ter trocado a riqueza de Cristo pela pobreza do mundo!

VI. CONCLUSÃO

1.    Tomé perdeu muito por não se ter reunido certa ocasião com os seus irmãos.

2.    Ficou com a fama de “incrédulo”.

3.    A experiência de Tomé demonstrou que, quando a igreja se reúne, o Senhor manifesta-se ao crente duma forma como não se manifesta quando este está isolado.

4.    O Senhor não apareceu a Tomé na casa dele, mas no Cenáculo, aos discípulos reunidos. Jesus se revelou a Tomé dentro da comunidade, aquela era a igreja primitiva, e é na igreja onde Jesus se revela!

5.    O que Tomé perdeu pela sua ausência naquele culto, todos nós perdemos quando não nos reunimos na igreja! Que grande lição! Quando os crentes não têm comunhão com o Senhor não têm desejo de estar com o Seu povo, e quando estão em comunhão com Cristo procuram a comunhão dos seus!

“Uma coisa peço ao SENHOR, e a buscarei: que eu possa morar na Casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a beleza do SENHOR e meditar no seu templo".  (Salmo 27:4)


Pedro Lage. Palavra do Culto de Hoje!

Um comentário: