SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

quarta-feira, 22 de maio de 2013


ESBOÇO 36


PEDRO LAGE



Tema da Mensagem:

A BÊNÇÃO DA SALVAÇÃO

Texto: Josué 4:1-9


“Sucedeu que, acabando todo o povo de passar o Jordão, falou o SENHOR a Josué, dizendo: Tomai do povo doze homens, de cada tribo um homem; E mandai-lhes, dizendo: Tirai daqui, do meio do Jordão, do lugar onde estavam firmes os pés dos sacerdotes, doze pedras; e levai-as convosco à outra margem e depositai-as no alojamento em que haveis de passar esta noite. Chamou, pois, Josué os doze homens, que escolhera dos filhos de Israel; de cada tribo um homem; E disse-lhes Josué: Passai adiante da arca do SENHOR vosso Deus, ao meio do Jordão; e cada um levante uma pedra sobre o ombro, segundo o número das tribos dos filhos de Israel; Para que isto seja por sinal entre vós; e quando vossos filhos no futuro perguntarem, dizendo: Que significam estas pedras? Então lhes direis que as águas do Jordão se separaram diante da arca da aliança do SENHOR; passando ela pelo Jordão, separaram-se as águas do Jordão; assim estas pedras serão para sempre por memorial aos filhos de Israel.

Fizeram, pois, os filhos de Israel assim como Josué tinha ordenado, e levantaram doze pedras do meio do Jordão como o SENHOR dissera a Josué, segundo o número das tribos dos filhos de Israel; e levaram-nas consigo ao alojamento, e as depositaram ali.

Levantou Josué também doze pedras no meio do Jordão, no lugar onde estiveram parados os pés dos sacerdotes, que levavam a arca da aliança; e ali estão até ao dia de hoje”. (Josué 4:1-9)


INTRODUÇÃO


O Egito, no antigo testamento, é um dos símbolos do mundo que escraviza o homem. O deserto significa a nossa peregrinação nesta vida. Já o mar vermelho é as impossibilidades e barreiras que se abrem para a nossa libertação, e o Jordão é o divisor entre o deserto e Canaã. Ele demarca o limite entre a terra prometida e o que pertence ao deserto. Ele simboliza o divisor entre o mundo material e o mundo espiritual. Ao passarmos por ele, estamos sepultando o mundo, e, ao chegarmos do outro lado, ressurgiremos para a vida espiritual. Isto simboliza a nossa salvação.

ABENÇOAR É:

Proferir a bênção sobre alguém, bendizer. Tornar feliz, próspero.

I.            O QUE ACONTECE QUANDO ALGUÉM ENTREGA SUA VIDA A JESUS:

1.1          – Terá o nome escrito no livro da vida

Quando a pessoa tem um encontro com Jesus passa a ter um memorial em sua vida (Js 4:6,7). O dia que fomos transformados pelo poder do evangelho jamais será esquecido.

“O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos”. (AP 3:5)

“E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo”. (AP 20:15)

“E não entrará nela coisa alguma que contamine, e cometa abominação e mentira; mas só os que estão inscritos no livro da vida do Cordeiro”. (AP 21:27)

1.2        – O Senhor engrandece* o seu nome (seu, seu mesmo!). (Js 4:14).

Naquele dia o SENHOR engrandeceu* a Josué diante dos olhos de todo o Israel; e temeram-no, como haviam temido a Moisés, todos os dias da sua vida. (Js 4:14).

Engrandecer* - Aumentar, Elevar em dignidade, Enobrecer, Exaltar, louvar, Tornar-se grande, Tornar-se poderoso, Crescer em honras, Elevar-se.

A mudança que Jesus faz na vida das pessoas que se entregam totalmente a Ele é sempre para melhor. Jesus curou o leproso e o engrandeceu (MT 8:1-4). Jesus curou o endemoninhado de Gadara e o fez respeitado pelos seus familiares e amigos (Mc 5:1-20). Jesus liberta Maria Madalena de 7 demônios (Lc 8:2). São muitos os exemplos de vidas transformadas, todas elas foram a Jesus como estavam, mas não permaneceram com uma vida de pecado.

Aceitar Jesus é o primeiro passo de uma vida Cristã. Não conseguimos levar uma vida santa e irrepreensível por nosso próprio esforço, é necessário a ajuda do Espírito santo. O Espírito santo é derramado na vida daqueles que recebem a Cristo.

1.3                      – Será um testemunho vivo do poder de Deus (Js 4:24)

“Para que todos os povos da terra conheçam a mão do SENHOR, que é forte, para que temais ao SENHOR vosso Deus todos os dias”. (Js 4:24)

A pessoa, quando é transformada por Jesus, torna-se uma testemunha viva. Todos vêem nela que Deus é capaz de mudar o caráter. A santificação é instantânea a partir do momento que você entrega sua vida a Cristo. É instantânea pelo novo nascimento do Espírito, e ao mesmo tempo é progressiva porque é necessário deixar antigos vícios e hábitos pecaminosos. A mudança do caráter é trabalho não somente divino, mas nós temos nossa responsabilidade, pois é necessário que cada um carregue a sua cruz e siga Jesus todos os dias.

1.4                      – Fará um pacto com Deus (Js 4:3)

“E mandai-lhes, dizendo: Tirai daqui, do meio do Jordão, do lugar onde estavam firmes os pés dos sacerdotes, doze pedras; e levai-as convosco à outra margem e depositai-as no alojamento em que haveis de passar esta noite”.  (Js 4:3).
Disse Davi: “Quem é esse incircunciso Filisteu para desafiar o exército de Israel?” (1 Sm 17:26). O pacto de Deus em nossa vida é o sangue de Jesus! E por isso o inimigo não pode nos tocar sem autorização do próprio Cristo! A nossa vida não nos pertence mais, agora é propriedade de Cristo! E ninguém toma a força o que pertence a Cristo!

1.5                      – Celebrará a libertação (Js 5:10)

“Estando, pois, os filhos de Israel acampados em Gilgal, celebraram a páscoa no dia catorze do mês, à tarde, nas campinas de Jericó”. (Js 5:10).

O crente celebra a festa, a comunhão, glorifica o nome do Senhor. Comemora a sua libertação por meio do sangue de Cristo. Celebra a vitória sobre o pecado, a morte, a carne e o diabo. A páscoa Judaica é a celebração da libertação do cativeiro, a ceia é a celebração da libertação do pecado e da morte. O crente que celebra a ceia tem parte com Cristo e permanece nele. O crente deve “beber o sangue e comer a carne dele”, como Jesus disse em (João 6:53-56).

“Jesus, pois, lhes disse: Na verdade, na verdade vos digo que, se não comerdes a carne do Filho do homem, e não beberdes o seu sangue, não tereis vida em vós mesmos. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue tem a vida eterna, e eu o ressuscitarei no último dia. Porque a minha carne verdadeiramente é comida, e o meu sangue verdadeiramente é bebida. Quem come a minha carne e bebe o meu sangue permanece em mim e eu nele”. (João 6:53-56)

1.6                      – Comerá das novidades de Canaã (Js 5:12)

Israel dependia da grande nuvem de dia e da coluna de fogo de noite, dependia do maná que caia do céu, dependia da água que jorrava da pedra, dependia de Moisés e depois de Josué para guiar o povo a pastos verdejantes, mas ao chegar em Canaã tudo cessou, tudo mudou. O crente passa a ser frutífero, passa a crescer, passa a amadurecer espiritualmente e aprende a comer aquilo que plantar.

1.7                      – Entrará no processo de santificação (Js 5:15)

“Então disse o príncipe do exército do SENHOR a Josué: Descalça os sapatos de teus pés, porque o lugar em que estás é santo. E fez Josué assim”. (Js 5:15)

Josué pisou em terra santa, e quando aceitamos Jesus nosso coração se transforma em uma terra santa. “Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva fluirão do seu interior”. (João 7:38).

Segui a paz com todos, e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor (Hb 12:14)

Porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo. (1 Pedro 1:16)

“Portanto vós vos santificareis, e sereis santos, porque eu sou santo” (Lv 11:44)

“Somos transformados de glória em glória na mesma imagem, como pelo Espírito do Senhor”.  (2 Co 3:18b)

A santificação é um processo que nos dá comunhão com Deus, unção, poder e autoridade!

1.8                      – Terá uma vida de vitória!

A vitória no Evangelho não é apenas derrotar o inimigo, mas conseguir as bênçãos de Deus. O ímpio diz “Eu já sou abençoado por Deus”, mas na verdade não conhece as bênçãos de Deus e nem conhece a Deus, porque está escrito:
E nisto sabemos que o conhecemos: se guardarmos os seus mandamentos. Aquele que diz: Eu conheço-o, e não guarda os seus mandamentos, é mentiroso, e nele não está a verdade. Mas qualquer que guarda a sua palavra, o amor de Deus está nele verdadeiramente aperfeiçoado; nisto conhecemos que estamos nele. Aquele que diz que está nele, também deve andar como ele andou”. (1 João 2:3-6)

Josué venceu as 7 nações de Canaã (Js 3:10). Os filisteus, devido ao desenvolvimento social e político, não eram contados como nação, mas sim como um grande império.

Josué reparte às terras no capítulo 13, dividindo com as 11 Tribos de Israel as terras, lembrando que a tribo de Levi não teve herança, pois o Senhor é a sua herança (Js 13:33).

A vida do crente não é só cruz e luta, é vitórias impossíveis!

CONCLUSÃO E APELO

O crente deve estar preparado para a vitória que o Senhor lhe dará. Creia na vitória da sua família, no seu casamento, na sua vida financeira, na sua saúde. Deus tem vitória. O inimigo será derrotado e envergonhado através da sua vida! Celebra a sua libertação, frutifique e busque a santificação!

Não tenha medo, vergonha ou preocupação de entregar sua vida a Cristo! Não há bênção maior que receber a vida eterna! Não há bênção maior que ser batizado com o Espírito Santo! Não espere “acertar” a sua vida para se entregar a Cristo, entregue a sua vida a Cristo primeiro e depois Ele te ajudará a “acertar” a sua vida, a colocar em ordem o que está desordenado e a arrumar o que está bagunçado.

Se você voluntariamente quer entregar a sua vida a Cristo, peça licença, saia do seu lugar e venha aqui à frente.

Mensagem Preparada pelo Aluno Pedro Lage e
Será pregada no Culto de Missões no Domingo.
Na ADMEP, 26 DE Maio de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário