SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

domingo, 11 de março de 2012

EUTANÁSIA

HOLANDA LANÇA EQUIPE MÓVEL DE EUTANÁSIA NO PRÓXIMO MÊS




Na Holanda, foram anunciados planos para uma equipe móvel de eutanásia anteder a domicílio. A equipe seria a primeira no mundo a praticar esse tipo de procedimento, quando as famílias e médicos se recusam a dar drogas letais aos pacientes por motivos éticos.


As pessoas envolvidas na equipe afirmam que existem 2.700 suicídios assistidos por ano, mas a empresa afirma que a unidade significaria um extra de 1.000 pessoas escolhendo morrer.

A Associação Direito de Morrer, da Holanda, comenta que a unidade será a primeira de seis a trabalhar dentro das fronteiras, com pessoas as quais a família e os médicos se recusam a ajudar. A ideia é lidar com pessoas com doenças mentais ou demência em estado inicial.


Mas, de acordo com a Federação dos Médicos Holandeses, alguns pacientes que poderiam ser tratados acabariam tirando suas vidas desnecessariamente. “Nos piores casos, pessoas podem morrer sendo que podiam ter recebido outro tipo de ajuda”, afirma um porta-voz.


No começo dessa semana, o Arcebispo de Canterbury declarou que legalizar o suicídio assistido seria um “desastre”. O médico Rowan Williams comentou que uma mudança na lei significaria que a vida “seria declarada legalmente como não valendo ser vivida”.

Telegraph
________
A causa mais comum é um transtorno mental que pode incluir depressão, transtorno bipolar, esquizofrenia, alcoolismo e abuso de drogas. Dificuldades financeiras e/ou emocionais também desempenham um fator significativo. Mais de um milhão de pessoas cometem suicídio a cada ano, tornando-se esta a décima causa de morte no mundo. Ou, talvez seja uma questão de economia orçamentária do governo holandês ditado por pessoas ligadas as forças das trevas, da morte.


Mas o Japão tem a mais alta taxa de suicídio do mundo desenvolvido (24,1 por 100.000 habitantes). Os suicídios atingiram o número recorde de 34.427 em 2003 (+ 7,1% com relação a 2002). Geralmente empresários e funcionários, comentem suicídios motivados por escândalos de corrupção ou perda de dignidade na sociedade. Pura covardia de tentar de novo. Ainda bem que grandes homens da história não desistiram do sucesso diante de um fracasso, como Thomas Edison.

No ano de 2008 o suicídio entre jovens bateu novo recorde no Japão, tendo alcançado 4.850 mortes, 1,7% a mais que no ano anterior, informou a polícia japonesa. Mesmo com este aumento, em 2008, 32 249 pessoas se mataram no Japão, uma baixa de 2,6% em com relação aos números de 2007.

A taxa de suicídios foi, no ano de 2008, de 25,3 para cada 100 mil habitantes, o que coloca o Japão entre os dez países do mundo com mais casos. O suicídio é a sexta maior causa de morte no Japão, onde não está associado a um tabu social.


Fins dos tempos. ELE está chegando!

Nenhum comentário:

Postar um comentário