SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

sexta-feira, 27 de abril de 2012

ARTIGOS E LIVROS DIRECIONADOS AO ESTUDO DO APOCALIPSE


Sufocado por Vizinhos e Secas, Eufrates está Sumindo no Iraque.

E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente. [Apocalipse 16.12]

Retração do Rio está castigando os agricultores e ameaça se transformar em fonte de tensão na região.


O Rio Eufrates está secando. Sufocado pelas políticas adotadas pelos vizinhos do Iraque, Turquia e Síria, por uma seca que já dura dois anos, e o mau aproveitamento da água pelo governo e agricultores iraquianos, o rio está significativamente mais raso do que era há alguns anos. Algumas autoridades temem que, em breve, o rio se torne a metade do que é hoje. A retração do Eufrates - rio que foi tão crucial para o nascimento da civilização a ponto de o Apocalipse profetizar que ele secaria, sinalizando o fim dos tempos - está castigando os agricultores ao longo de suas margens, empobreceu os pescadores e vem esvaziando as cidades ribeirinhas, com a fuga dos camponeses para as grandes cidades em busca de trabalho. Os pobres são os que mais sofrem, mas todas as camadas da sociedade sentem os efeitos disso: xeques, diplomatas e até membros do Parlamento que se retiram para suas fazendas após passar semanas em Bagdá.

TERRA ÁRIDA.
Ao longo do rio, os campos de trigo e arroz transformaram-se em terra árida. Os canais definharam e agora são regatos pouco profundos, e os barcos de pesca estão encalhados na terra seca. As bombas destinadas a alimentar as usinas de tratamento de água balançam inutilmente sobre o charco escuro. "Os velhos dizem que esta é a pior fase da qual se recordam", disse Sayid Diya, pescador de 34 anos em Hindiya, sentado num café ao lado de colegas sem trabalho. A seca está afetando todo o Iraque. A área de cultivo de trigo e cevada no norte teve uma redução de cerca de 95% e os pomares de árvores cítricas e tamareiras no leste do país estão secos. Fonte: O Estadão

COMENTÁRIO:
Interessante como a Bíblia sempre sai na frente de todos os jornais, e com muitos corpos de vantagem. Somente uns 2.800 anos na frente. Quando comecei a minha caminhada cristã, não havia nenhum sinal ou evidência da seca do Eufrates. Perguntávamos, será uma ação sobrenatural? Hoje vemos que a nossa própria animalidade colabora para o cumprimento da profecia. Nós mesmos estamos destruindo nosso ambiente. Assim, como Nabucodonosor, no passado, foi instrumento de disciplina do povo judeu, nós nos transformamos em agentes da nossa própria disciplina. Vale a pena acreditar na Palavra de Deus.

Seca-se a erva, murcha-se a flor, mas a Palavra do Senhor permanece eternamente.
Ubirajara Crespo

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário