SEGUIDORES

OBRIGADA POR SEGUIREM ESTE BLOG

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

JOCUM 50 ANOS


JOCUM 50 ANOS

Mantendo a tocha de missões acesa!





Em 1960 um jovem casal de norte-americanos estava em uma de suas viagens evangelísticas nas Bahamas liderando um grupo de jovens. Enquanto orava, Loren Cunningham teve uma visão inspiradora: jovens de várias nações invadindo os continentes como ondas vindas sobre a praia. Ao compartilhar com sua esposa Darlene, partiram em fé para um sonho que mudaria a história de missões.

Esse era o início da Jovens Com Uma Missão (JOCUM) – um movimento missionário que atua em toda a Terra nas áreas de Evangelismo, Missões Transculturais,

Desenvolvimento Comunitário, Educação, Família, Plantação de Igrejas, Atendimento em Saúde e outras, em mais de 100 frentes ministeriais. Tudo começou em um hotel desativado nos Alpes Suíços, a partir do qual Loren e Darlene Cunningham começaram a primeira base da JOCUM, em Lausanne. De lá para cá a JOCUM está em mais de 175 nações, com mais de 1.000 bases, cerca de 17.000 obreiros em tempo integral e milhares de voluntários e alunos reunidos anualmente em torno de um projeto de treinamento e envio chamado de Universidade das Nações (UofN). A UofN foi um dos primeiros projetos globais da JOCUM. A proposta é oferecer treinamento, organizando tudo por áreas missionárias de atuação, para atender a demandas reais do campo. De início a visão era desenvolver algo para a Ásia e Pacífico. Alguns anos depois o conceito se ampliou, e hoje a UofN possui cursos em mais de 60 idiomas, que vão de Microscopia de Malária a Fotografia Digital. Em alguns locais os estudantes são ensinados a fazer partos, pois isso favorece o evangelho em contextos culturais tribais. Assim, há muitas experiências distintas. Errando, aprendendo e buscando a direção de Deus, seguimos anunciando o Senhor e seu Reino, tanto com equipes de estudantes como de missionários experientes. Neste ano chegamos aos 50 anos de caminhada. É o Jubileu de Ouro de uma história de fé e milagres. Jovens têm sido usados por Deus para impactar vilas, cidades e países inteiros pelo mundo. No Brasil, por exemplo, duas grandes festas serão realizadas para celebrarmos isso com a presença dos nossos fundadores, uma na JOCUM Curitiba e a outra na JOCUM Recife.

BRASILEIROS COM UMA MISSÃO

Atualmente, em relação ao número de missionários de tempo integral enviados de volta para servir na JOCUM, o Brasil está ocupando o segundo lugar no ranking mundial, ficando atrás apenas dos Estados Unidos e estando à frente de países como Coreia do Sul, que está bem próxima, na terceira posição, e Índia, que está em quarto lugar. Diante desse quadro, podemos dizer que somos brasileiros com uma missão, e essa bela história começou por aqui há cerca de 35 anos. Em 1975 o jovem casal Jim e Pamela Stier desembarcou no Brasil para começar um trabalho que parecia impossível: dar início às atividades ministeriais da JOCUM por aqui. Era como um sonho além das possibilidades. Logo no início eles sentiram o clamor dos hippies nas ruas da capital mineira e partiram para evangelizá-los enquanto construíam, com milagres financeiros diários, o primeiro centro de treinamento da JOCUM no País, em Contagem-MG. Assim, fomos conseguindo os primeiros missionários brasileiros da JOCUM. Eram os jocumeiros, que, em pouco tempo, começariam a desbravar outros centros, de norte a sul do Brasil. Promessas e sonhos ganhavam forma e vidas eram transformadas pelos Jovens com uma Missão.
Hoje a JOCUM Brasil está atuante nas cinco regiões brasileiras, a partir de cerca de 60 bases, sub-bases e locais de operação, e tem desenvolvido várias iniciativas missionárias aqui e em nações de língua portuguesa como Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e Timor Leste, como também em países como Espanha, Portugal, Itália, Estados Unidos, Rússia, entre outros, fazendo Deus conhecido com pioneirismo e criatividade.

UMA FAMÍLIA DE MINISTÉRIOS PELO BRASIL

No Norte, a JOCUM dispõe de projetos com comunidades indígenas na área de Saúde, Educação e Tradução da Bíblia, iniciativas de atendimento e discipulado as adolescentes em situação de risco, entre outros. 

Presente no Nordeste há 20 anos, a JOCUM tem sido destaque pelas lideranças jovens e promissoras, com trabalhos na área de plantação de igrejas, ensino de inglês para estudantes de outras línguas, impactos evangelísticos, aconselhamento, arte e coreografia, desenvolvimento comunitário, etc.

Do Centro-Oeste a JOCUM promove a participação efetiva na reconstrução do Haiti após o terremoto, com o envio de médicos e voluntários, e também desenvolve um trabalho de referência entre tribos urbanas, recuperação de dependentes químicos, ação social e outros. No Sudeste a JOCUM conta com casas especializadas para o trabalho missionário com crianças em situação de risco. Um desses frutos é a Casa Semear. Nela, uma equipe de missionários fluentes na Língua Brasileira de Sinais (Libras) atende a crianças e adolescentes surdos há mais de 10 anos com evangelismo e discipulado. Além desse trabalho pioneiro, temos iniciativas nas áreas de Educação, King's Kids, Artes Circenses, Fotografia, Treinamento de Lideranças Missionárias, Tribos Urbanas, Saúde e Cidadania, Design, Louvor e Adoração, entre outras. 

O Sul, em termos de JOCUM, é hoje uma das referências no mundo de missões transculturais. E pela diversidade de ministérios presente nessa região, os jocumeiros estão construindo uma grande rede de envios missionários de todos os lugares, para todas as direções. Além disso, temos bases e sub-bases com chamados específicos, desde o aconselhamento pastoral até o evangelismo criativo a partir da dança, impactos culturais, coreografias de Hip Hop e esportes de aventura. E o trabalho continua! Novas localidades da JOCUM Brasil estão sendo abertas. Caxias do Sul (RS), São José do Rio Preto (SP), Teresina (PI), Natal (RN) e São Luís (MA) são as sedes dos próximos locais de operação da JOCUM no País.

Flexibilidade, diversidade, relevância e contextualização. É nessa pluralidade de dons e ministérios formados por voluntários que a JOCUM tem chegado a todos os continentes com jovens de todos os lugares, denominações e contextos culturais, unidos no propósito de conhecer a Deus e fazê-lo conhecido. Qual é o segredo? É simples: ouvir a voz de Deus e obedecer!

Por Saulo Xavier, do Comunica JOCUM

Nenhum comentário:

Postar um comentário